Voltar ao Topo

Educação

A Amedi desenvolve atualmente diversos projetos educativos e atividades de conscientização e transformação social, criando a cada dia um elo forte e capilar para a ampliação das bases educativo-ambientais na região do Alto Paranaíba e Triângulo Mineiro, com o objetivo de conjugar esforços e salvaguardar nosso meio ambiente.

Vivemos em uma região estratégica para a manutenção das redes hidrográficas brasileiras, marcada pela consecução de políticas agrícolas degradantes e pelo mau uso dos recursos naturais, fragilizando o patrimônio genético do Cerrado, cuja cobertura vegetal remanescente exige o replantio de matas nativas, o resgate de ciclos ecológicos em desequilíbrio e a preservação de espécies ameaçadas de extinção.

A equipe ressalta a importância do aprofundamento dos processos educativos através de sua função dialógica, o que fica bastante claro no documento-base que contextualiza a educomunicação ambiental no âmbito do ProNEA - Programa Nacional de Educação Ambiental. Segundo o mesmo, e tendo em vista que 'informação' é diferente de 'comunicação',

"A comunicação coerente com os princípios do ProNEA deve compreender o seu caráter dialógico e crítico como inalienáveis."

Nestes meandros, a educação se transpõe como elemento fortalecedor indispensável à conscientização sobre os aspectos não só conservacionistas, mas também sobre os aspectos de preservação e recuperação da natureza, de consumo responsável e adoção de tecnologias sustentáveis, incentivando ações públicas focais para a transformação da realidade de uso do solo e dos recursos naturais, incidindo sobre aspectos multidisciplinares da interferência humana sobre o meio ambiente.

O Brasil apresenta uma legislação bastante expressiva na seara da educação ambiental, destacando-se a consagração e fortalecimento contínuo da Rebea - Rede Brasileira de Educação Ambiental, a qual foi impulsionada, dentre outros fatores, pelos trabalhos a nível nacional desencadeados com a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (CNUMAD) realizada no Rio de Janeiro, a Eco 92 ou Cúpula da Terra, propulsora de mecanismos importantes para a criação e desenvolvimento da Agenda 21 nos diferentes níveis da Federação (municípios, estados e União Federal).

A Rebea integra o Sibea - Sistema Brasileiro de Educação Ambiental, o qual se fundamenta em diretrizes elementares trabalhadas ao longo dos anos através de um fortalecimento contínuo das redes educativo-ambientais em todo o território nacional, sob as premissas básicas da Política Nacinal de Educação Ambiental - Lei 9795, de 1999.

Devidamente cadastrada entre as Associações ambientalistas do Estado de Minas, a Amedi compõe vários conselhos para a decisão sobre empreendimentos e atividades com potencial impacto sobre a região, com ampla representatividade no Comitê Federal de Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba – CBH Paranaíba, Comitê Regional PN3 – CBH Afluentes Mineiros do Baixo Paranaíba, COPAM AP/T – Conselho de Política Ambiental do Alto Paranaíba e Triângulo Mineiro, além de participar de inúmeras comissões paritárias do IEF – cidades de Patrocínio, Presidente Olegário, Araxá, Frutal e Ituiutaba.

É através de projetos que uma ONG pode atuar pra valer. Temos ainda alguns projetos que não foram contemplados ou carecem de capitalização para sua execução, como o Viva Cerrado e o Projeto Matinhas do Alto Paranaíba, dentre outras frentes criadas pela equipe a partir de diagnósticos e prognósticos em questões afetas, principalmente, às águas e aos resíduos sólidos na região. Qualquer ajuda é muito bem vinda. Sempre precisamos de idéias e pessoas para trabalharmos juntos pela causa ambiental. Participe!!!

More in this category: « A Água

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.